10 de setembro de 2020

O titulo que recolocou o São Paulo nos trilhos

Ouça essa matéria
Tempo de leitura: 3 minutos

Construir um estádio, ainda mais do tamanho do Morumbi é uma tarefa hercúlea e que demanda muito tempo e dinheiro. Some-se a isso o fato que dois dos seus maiores rivais formaram esquadrões históricos e você terá um jejum enorme.

Essa foi a vida do São Paulo entre 1958 e 1969. A construção do estádio do Morumbi drenou muito dos recursos do time e o tricolor passou apenas a fazer figuração nos campeonatos estaduais da época e nem sequer participava das copas nacionais como a Roberto Gomes Pedrosa e a Taça Brasil.

Além disso, a poderosa Academia palmeirense com Juninho Botelho, Ademir da Guia & cia e o sempre histórico Santos de Coutinho e Pelé monopolizaram os campeonatos da época. Fora também, os sempre perigosos times do interior, como a Ferroviária e Noroeste.

Porém com o Morumbi inteiramente pronto, o ano de 1970 prometia bastante para o tricolor, o São Paulo trouxe Gérson o canhotinha de ouro e trouxe do Penarol do Uruguai, Pablo Forlan, que se juntaram a craques como Roberto Dias e Terto. O técnico Zezé Moreira tinha como titulares: Sérgio; Forlán, Jurandir, Roberto Dias e Gilberto Sorriso; Édson e Nenê; Paulo, Terto, Toninho Guerreiro e Paraná.

São Paulo de 1970

O Campeonato

Na Primeira fase, os cinco maiores clubes do futebol paulista (Santos, Palmeiras, São Paulo, Corinthians e Portuguesa) só participariam da segunda e última fase. Os demais onze clubes da Primeira Divisão disputariam um campeonato em turno e returno, jogando todos contra todos, com classificação por pontos corridos. Os três primeiros colocados disputariam a segunda fase. Do quarto ao sexto colocados, houve um triangular, e os dois primeiros também disputariam a segunda fase. Os demais estariam fora da competição.

Na segunda fase, os cinco classificados da primeira fase se juntariam aos cinco clubes “grandes”, num campeonato com todos jogando contra todos, em turno e returno, com classificação por pontos corridos.

Não houve rebaixamento.

No 1° turno, o Guarani e a Ferroviária fizeram grandes campanhas e dominaram a fase. Ficando em 1° e 2° respectivamente. Os outros três classificados foram: Botafogo de Ribeirão Preto, Ponte Preta e São Bento de Sorocaba.

Classificação do 1° turno (fonte: RSSSF Brasil)

A diversão começou mesmo no 2° turno. os 5 times interioranos, se encontrariam com os 5 grandes do futebol paulista.

O Santos tinha Pelé, o Palmeiras Ademir da Guia, a Portuguesa vinha com o espetacular Eneias , tinha tudo para ser um campeonato muito disputado. Porém o São Paulo deslanchou, estreou ganhando do Santos por 3×2 no Morumbi com 2 gols de Toninho e outro de Terto.

Depois da derrota contra o Palmeiras na 4a rodada, o tricolor engatou uma sequência de 3 vitórias (Botafogo em casa, São Bento fora e Ponte em casa) até chegarmos a 8a rodada e o jogo decisivo contra o Guarani no Brinco de Ouro.

As escalações foram as seguintes:

São Paulo: Sergio; Forlan, Jurandir, Dias e Gilberto (Tenente); Edson e Nenê; Paulo, Terto (Benê), Toninho e Paraná.

Guarani: Perez, Wilson, Cidinho, Tininho (Guassi) e Ferrari (Cido); Helio e Milton; Vagner, Capelozza, Vanderlei e Caravetti.

O São Paulo saiu na frente com Toninho Guerreiro aos 27 do 1° tempo e 7 minutos depois aumentou a vantagem com Paulo. O bugre ainda diminuiu com Vágner aos 22 da 2a etapa, mas não havia tempo para mais nada. Depois de 13 anos o São paulo voltava a se tornar campeão paulista e encerrava o maior jejum de títulos até o que nós vivemos hoje entre o titulo de 2005 até quando o destino quiser.

Classificação final (Fonte: Wikipédia)

Saidera com grande estilo

Na última rodada, com tudo mais que definido, o São Paulo ainda venceu um majestoso com gol de Paraná, encerrando com chave de ouro essa campanha maravilhosa, que viria o bi em 1971 (1° titulo tricolor no Morumbi) e caminharia para uma década excelente com um vice da Libertadores em 1974, o 1° Brasileiro em 1977 e mais um titulo paulista em 1975.

Esse titulo, mais a imponência do Estádio do Morumbi, fizeram o São Paulo voltar a ser respeitado. Quando veremos isso acontecer novamente?

Especial do programa Grandes momentos do esporte na TV Cultura, falando sobre o titulo tricolor

Fontes:

http://www.saopaulofc.net/noticias/noticias/historia/2020/6/27/o-primeiro-titulo-do-tricolor-no-morumbi

https://brfut.blogspot.com/2010/03/campeonato-paulista-1970-ii-turno.html

Share this:
Tags:

About Pedro Henrique Bezerra Pires da Silva

Pedro Henrique Bezerra Pires da Silva

  • Website
  • Email

1 Comments

  • Bia
    2020-09-10 23:57

    Demais! Não vejo a hora do time voltar a jogar com garra:(

Add Comment

Pular para a barra de ferramentas